17 de Abril, 2018
A porta de entrada para o desporto profissional nos Estados Unidos são os campeonatos universitários

O caminho para se tornar um atleta profissional nos Estados Unidos

João Moutinho que jogou pela University of Akron foi a primeira escolha do draft de 2018!

Os Estados Unidos são o maior país do mundo quando falamos sobre desporto. O país com maior número de medalhas olímpicas na história, praticamente monopoliza muitas áreas do desporto. Porém o desporto mais famoso no mundo, o futebol, nunca foi o ponto forte dos norte-americanos. Mas, mesmo não tendo um desempenho tão incrível como nos outros desportos, o soccer vem crescendo cada vez mais e já é um dos desportos mais praticados no país.

Por que é que os Estados Unidos são um dos melhores países quando falamos em desempenho desportivo?

Clint Dempsey jogou as copas de 2006, 2010, 2014

Entre inúmeros fatores, um dos mais importantes para fazer com que isso se torne uma realidade, é a oportunidade.

Diferente da maioria dos países, onde um atleta deve decidir entre seguir com a sua vida académica ou com o trabalho desportivo, nos EUA, os atletas são incentivados a seguir com os estudos, fazendo assim com que atletas que não sigam uma carreira desportiva profissional possam ter uma base académica para seguir vidas profissionais noutras áreas.

Esse trabalho é feito a partir do investimento no desporto universitário. No país norte-americano, a base do desporto profissional encontra-se nas universidades. Como prova disto, temos diferentes atletas profissionais americanos que vieram de universidades. Entre eles temos um dos maiores jogadores de futebol dos Estados Unidos, Clint Dempsey, que foi contratado pelo New England Revolution após jogar pela Furman University (South Carolina)

Outro jogador de futebol que foi recentemente convidado a jogar na MLS (maior liga de futebol profissional dos Estados Unidos) após jogar no futebol universitário, foi o português João Moutinho. Atleta da Next Level, João embarcou para os Estados Unidos em agosto de 2017 para jogar e estudar na University of Akron e após uma temporada brilhante, o jogador foi chamado pelo Los Angeles Football Club para jogar futebol profissionalmente e disputar a MLS (Major League Soccer).

Em menos de um ano, João Moutinho foi da Next Level para a MLS

Como dito antes, o desporto universitário é a porta de entrada para o desporto profissional nos Estados Unidos da América. E o mais especial deste facto é a possibilididade de ter um plano B, caso o sonho de tornar-se um atleta profissional não se torne realidade.

Além da porta para o desporto profissional, o desporto universitário americano é uma prova de alto rendimento e qualidade técnica. Não é por acaso que apenas nos Jogos Olímpicos de 2016 (Rio de Janeiro), 1018 atletas eram ou já foram atletas universitários, representando 107 países diferentes e 223 universidades diferentes!

footer-top